Feeds:
Posts
Comentários

Archive for outubro \21\UTC 2009

Filme de 1′ sobre Juliana que aos 8 anos não sabia ler, nem escrever, cuidava dos irmãos mais novos e tinha o trabalho explorado pelos próprios pais, mas foi encaminhada a um dos projetos apoiados pela Fundação Abrinq e teve a sua vida transformada, hoje está alfabetizada e tem muitos planos para o futuro.

Por R$85,00 mensais você pode adotar financeiramente uma criança como Juliana e transformar futuros.  

Ou por R$25,00 mensais você pode se tornar sócio mantenedor da Fundação Abrinq.

Anúncios

Read Full Post »

Foto: Pedro Rubens

Foto: Pedro Rubens

As Olimpíadas do Rio 2016 serão uma nova oportunidade para o Brasil olhar para o futuro. Muitos dos pequenos brasileiros de hoje virão a ser os atletas olímpicos daqui a sete anos. Eles competirão em estádios construídos por operários, muitos deles frutos de uma geração com poucas oportunidades, mas que poderão vivenciar as conquistas de seus filhos.

Do ponto de vista econômico, conseguimos inúmeros avanços, temos hoje uma economia com bases sólidas, a inflação sob controle e parâmetros financeiros de primeiro mundo, atingimos “Investment Grade” (recomendação de investimento), fomos os últimos a entrar na crise e os primeiros a sair dela. Enfim, sopram ventos favoráveis para mudanças estruturais na educação, na saúde e na qualidade de vida, especialmente para as crianças.

Por isso, com a missão de organizar o principal evento esportivo do planeta, e com indicadores econômicos tão positivos, os nossos governantes têm pela frente a chance de serem os operários na construção de uma geração campeã, vitoriosa na formação educacional, com ampla oferta de oportunidades e de um horizonte mais glorioso. Um exemplo de que os jogos poderão trazer avanços é a medida que prevê o ensino de inglês, a partir de 2010, aos adolescentes das escolas municipais cariocas. Muitas outras mudanças e inovações como essa também estão por vir.

Fonte: Synésio Batista da Costa, presidente da Fundação Abrinq

Interessou-se pelo artigo? Clique aqui e leia o texto na íntegra.

Read Full Post »